Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

Cada vez gosto mais de ver filmes policiais

Quando ligo a televisão para ouvir algumas desgraças que se passam no nosso país a minha tendência nos últimos tempos é mudar de imediato para um canal com um bom filme policial. Apesar de saber que é ficção dá-me mais prazer do que ver a realidade dos acontecimentos cá dentro e lá fora.

 

Senão vejamos: há um crime, morre uma ou mais pessoas, vem de imediato uma brigada especializada, todos com as suas tarefas bem definidas. Tiram-se fotos, analisam-se e recolhem-se vestígios que possam ajudar na descoberta do assassino.

 

Depois deste trabalho de campo passa-se para o laboratório, tudo é analisado minuciosamente, o corpo é levado para o médico legista que trata de o dissecar, tira a ou as balas e aí fica-se logo a conhecer o calibre da arma utilizada. Determina-se a hora da morte, enquanto nos microscópios se vêem em pormenor pedaços de vidro, de metal ou tinta. Com as impressões digitais descobre-se quem é a vítima e quais os antecedentes criminais se é que os tinha.

 

Divide-se a equipa e cada um é encarregue de interrogar possíveis suspeitos, a família e amigos da vítima e a pouco e pouco vão-se ligando fios que levam à descoberta do criminoso.

 

Feito isto aperta-se o cerco, se conseguirem prendê-lo caso ele não ofereça resistência vai direitinho para detrás das grades, se tentar fugir há tiroteio e em muitos casos vai desta para melhor.

 

A equipa fica satisfeita por ver concluído com êxito mais um caso e melhor, não têm medo de ser punidos pela justiça por terem erradicado mais uns quantos que alteram o normal funcionamento da paz social.

 

Ora, penso eu sentada aqui, não é muito melhor ver um filme policial, do que ver um polícia português ser preso por ter disparado um tiro quando tentava fazer parar um larápio?

 

Depois há os ladrões mais refinados, aqueles que anunciam com voz monocórdica mais roubos ao povo português, tem algum jeito ouvir isto?

 

Não, dificilmente me apanham a ouvir as notícias, vou já, mais uma vez mudar de canal, pelo menos sei que tudo acaba bem e não tenho que levar com esta corja que mete a mão à descarada nos nossos bolsos. Penas que não se ouvem, não se sentem, basta no fim do mês.

 

 

 

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D