Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

Uma visita inesperada na noite de Natal

 

Foto minha

 

Estava prevista a noite de Natal ser passada aqui em casa apenas com a companhia do meu descendente, mas a vida reserva-nos surpresas boas e o mano mais novo convidou-nos para ir à terrinha passar essa noite com a família, não estava nada à espera e fico contente por não ter feito grandes planos e a vida de repente reserva-me boas surpresas.

 

Já tínhamos os dois combinado o menu que foge à tradição, porque ambos não vamos nessa do peru ou do bacalhau. Passaríamos uma noite bem descansada na companhia um do outro e no quentinho da nossa lareira. Também combinámos que não haveriam presentes, esses chegarão na altura certa e quando menos esperarmos, ambos achamos que o factor surpresa é bem mais agradável, do que trocar presentes, só porque é costume.

 

Apesar de tudo isto a minha casa não vai ficar vazia. Uma amiga que não tem para onde ir e que neste momento está a passar uma fase complicada da vida, pediu-me se podia ficar cá. Ainda tentei demovê-la e convencê-la a ir connosco, mas respondeu-me que ficaria bem sozinha, neste momento era o que mais queria, que não me preocupasse.

 

Já comecei a fazer os preparativos e na noite de Natal, a lareira vai estar acesa, a casa quentinha e uma mesa recheada de coisas que eu sei que ela gosta. Combinámos que viria a meio da tarde para que conhecesse os cantos à casa, apesar de já cá ter estado, há sempre detalhes que é preciso saber.

 

Ando feliz a a fazer as compras para que nada lhe falte e a mesa nessa noite vai estar especialmente decorada e bem recheada.

 

É impossível ficar indiferente a uma situação destas e apesar de saber que ficará minimamente bem, sei que a dada altura o coração dela ficará apertadinho e talvez role uma lágrima.

 

Penso sentada aqui, que é muito duro, mais do que possamos imaginar, saber que há gente que já teve tanto e que agora se vê sem nada ou quase nada. Nesta alturas os amigos e o espírito solidário fala mais alto, não que eu seja melhor que qualquer outra pessoa, mas acredito que neste mundo onde cada vez se vive pior, não haverá ninguém que fique indiferente a casos idênticos e é com este espírito natalício que sinto que estou a dar guarida, a alguém que precisa vivendo e sentindo especialmente este ano o verdadeiro espírito de Natal.

 

 

11 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D