Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

2013 partindo, 2014 chegando

Foto minha
Mais um ano que está a terminar, é hora de ficar sentada aqui a relembrar acontecimentos que foram importantes na minha vida e que de algum modo influenciaram a minha forma de estar e de ser.

 

Não atingi todos os objectivos a que me propus , mas tentei, não me sinto frustrada por isso, só  é motivo para continuar a perseguir os meus sonhos.

 

As circunstâncias adversas em que vive o meu país fizeram com que a luta pelos meus ideais continue e não me permitem desistir de lutar pelo que acredito e sei que não estou sozinha nesta demanda.

 

Consegui viver aventuras e ter experiências impensáveis que nunca fizeram parte do meus planos, mas a vida nem sempre obedece a um planeamento e há que deixar acontecer e tudo flui deixando a ansiedade de lado.

 

Vivi momentos felizes, aprendi, conheci novas culturas que me ensinaram que nem sempre o dinheiro compra o sorriso e a felicidade.

 

Perdi amigos e ganhei outros, os primeiros porque terminaram o que tinha que aprender com eles, os segundos irão ensinar-me a percorrer outros caminhos  a mudar conceitos, outras formas de pensar e de viver a vida.

 

Aprendi que as pessoas não foram feitas para viver sozinhas e a partilha é fundamental para o crescimento da humanidade.

 

Constatei que apesar do sofrimento de tantos o mundo está a mudar e que a solidariedade e entre ajuda se faz notar , hoje mais que nunca.

 

E eu? Eu sozinha, eu acompanhada, eu triste umas vezes, outras eufórica e com a alegria de viver que me caracteriza, teimo em não me deixar abater pela amargura que por vezes me bate à porta.

 

2014 é só mais um tempo assinalado num calendário, em que prometemos ser melhores, mais humanos e que continuaremos a não perder a nossa capacidade de sonhar.

 

As viagens continuam a povoar o meu imaginário porque nelas há uma busca incessante por aprender, conhecer e partilhar. Há ainda os livros que estão por ler, as músicas que quero escutar no silêncio das noites vazias. 

 

Por aqui continua-se a sonhar, a aceitar, a compreender, a tentar abrir novos horizontes, desbravar caminhos e ajudar sempre que alguém de mim precise.

 

Finalmente quero e desejo que os meus amigos, sobretudo os que se sentam aqui comigo, possam como eu ter esperança, saúde, muitas alegrias e fé num mundo melhor.

 

Feliz 2014 para todos!

 

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D