Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

Prova de vinhos

Depois de termos conhecido a cidade do Cabo e subido a Table Mountain, chegou a altura de visitar três quintas para conhecer o que de melhor se faz no que diz respeito a vinho na região

Fiquei espantada com o cuidado que era dado às vinhas que eram a perder de vista e as quintas belíssimas. Fomos tão bem recebidos que em vez de três , só conhecemos duas, porque provas feitas da parte da manhã com todo o tipo de vinhos acompanhadas com chocolate, fez um efeito que não estávamos à espera, conclusão, ficou tudo com a cabeça à roda e tivemos de antecipar o almoço numa dessas quintas. E que bem que soube provar os excelentes menus!

À sombra debaixo de toldos o perigo passou e ficámos muito bem tratados.

Ora apreciem...

IMG_1651 (1).JPG

 

IMG_1618.JPG

IMG_1634.JPG

IMG_1638.JPG

IMG_1653 (1).JPG

IMG_1671.JPG

IMG_1805.JPG

IMG_1817.JPG

IMG_1819.JPG

Ainda hoje sentada aqui ,lembro com saudade a simpatia de todos os que nos receberam, os bons vinhos, a óptima comida e é ao ver estas imagens que parece que sinto os sabores e os cheiros de uma viagem fabulosa.

IMG_1690.JPG

 

Subida a Table Mountain

Depois de conhecermos a parte baixa da cidade do Cabo, resolvemos subir a Table Mountain

 A Table Mountain, ou Montanha da Mesa, é uma grande montanha localizada na região central da cidade, com uma peculiar característica de ter seu topo num formato achatado, formando um planalto com cerca de 3 km de extensão e cercado por grandes penhascos. Facilmente visível de qualquer ponto da Cidade do Cabo, é uma das atrações turísticas mais visitadas do continente africano.

Subimos no teleférico e lá de cima a panorâmica da cidade era soberba.IMG_0857.JPG

IMG_0814.JPG

IMG_0850.JPG

IMG_0882a.jpg

 

IMG_0938.JPG

IMG_0901.JPG

IMG_0940.JPG

O mar, a cidade que parecia pequenina vista lá de cima e até o enorme estádio destacava-se no meio do casario.

Muitos turistas vindos de todo o mundo deliciavam-se com a paisagem, alguns até com ar bem castiço.
Andámos por entre as rochas e para qualquer lado para onde nos virássemos a vista era deslumbrante.
De vez em quando uns animaizinhos, que inicialmente me assustaram, os dassie, apareciam entre as rochas mas, eram inofensivos.
Entrámos num bar, quem quis comeu e bebeu e regressámos.

Foi um dos muitos momentos altos da visita.
Sentada aqui estou a recordar o que aconteceu do dia a seguir, esperem pelos próximos capítulos, a cena da visita a quintas vinículas não me sai da cabeça.

 

Cidade do Cabo- África do Sul

IMG_0586.JPG

IMG_0589.JPG

IMG_0579.JPG

IMG_0582.JPG

IMG_0583.JPG

IMG_0959.JPG

IMG_0630.JPG

 

IMG_0605.JPG

 

IMG_1138.JPG

IMG_1020.JPG

 A cidade do Cabo na África do Sul surpreendeu-me, já que estava à espera de encontrar arranha céus e o que vi foram construções harmoniosas, junto de uma baía cheia de vida.

Percorri a cidade e vi muita animação de rua, cantores de blues, jazz, animadores de rua e uma alegria e vida que pairava por qualquer lado para onde me virava.

E o comer? Ui, que maravilha, bons vinhos e muito marisco tudo servido com muita qualidade e simpatia.

Num outro dia embarcámos e fomos até Roben Island, visitar a prisão onde esteve Nelson Mandela. Comoveu-me ver o quarto onde esteve e toda a zona envolvente.

Regressámos à cidade, mas a visita não acaba aqui, fico sentada aqui a recordar as grandes emoções e encantamento que tive nesta viagem.

Continua... 

Símbolo da fertilidade no Butão

IMG_7454.JPG

 

Nos mais variados sítios por onde passei no Butão, vi sempre esta imagem. Sem ter uma conotação maliciosa é apenas o símbolo da fertilidade.
Na verdade sem ele o mundo seria diferente e mesmo que se fale e se façam vários tipos de fertilização, sem ele a humanidade desapareceria.

Espero que o usem bem, seja ele de que tamanho ou forma for até que ele tenha vida para se levantar.

Eu fico sentada aqui a desejar que os frutos do seu uso continuado, venha aumentar a população e a curto prazo a popolução portuguesa aumente.

 

Na Lapónia quase congelei

Lapónia 063.jpg

Lapónia 749.jpg

Lapónia 457.jpg

Lapónia 713.jpg

Lapónia 274.jpg

Lapónia 328.jpg

Lapónia 307.jpg

Lapónia 169.jpg

Quando cheguei a Rovaniemi, vinda de Helsínquia, apesar do frio que eu já sabia que me esperava, fiquei surpreendida com os -17º que vi no aeroporto, mal eu imaginava o que me esperava.

Levaram-nos para um grande armazém onde nos deram mais um par de meias, um passa-montanhas, umas luvas para colocarmos por cima das que já levava e umas botas bem mais quentes e com um número acima e para completar uma macacão polar.

Depois aos pares fomos em motos de neve até ao hotel, uma verdadeira odisseia. Pelo caminho íamos caindo na neve fofa, ficávamos na mais completa escuridão, mas vinha de imediato um guia que ajudava e lá seguíamos caminho. 3 horas de sofrimento, mais tarde vim a saber que chegámos a apanhar - 40º

Chegámos ao hotel e aí sim, tudo estava quentinho, mas a minha maior confusão é que havia apenas 3 horas de dia cinzento, o resto do tempo era breu.

Mesmo assim passeámos nos rios gelados, andei de trenó puxado por renas, visitei uma quinta onde eram criados cães que aguentavam temperaturas baixas, entrámos numa cabana onde um idoso nos contou histórias à volta da lareira, parávamos de vez em quando para comer em cabanas acolhedoras e aquecidas, convivi com o povo daquela zona e finalmente fui à aldeia do Pai Natal, onde havia à venda todo o tipo de artesanato local.

Passei lá as festividades do Ano Novo-2011, cá fora houve fogo de artifício e muita animação.
E podem perguntar:- Repetirias a viagem?
-Não, de modo nehum, não que não tivesse gostado, mas tanto frio e falta de sol, foram o maior inconveniente para mim.
E hoje sentada aqui , com o sol a entrar pela janela, penso que o sol de Portugal é o mais bonito do mundo.

5º encontro de bloggers

Já vai sendo uma hábito encontramo-nos de vez em quando para confratenizar.

Há os que já são prata da casa, mas aceitam-se com prazer novos visitantes que vamos adorar conhecer.

Gente boa, saudável e bem disposta.

Se quiseres participar inscreve-te, ou aqui, ou através dos blogues do Coisas da Fonte, Afrodite e Maria Araújo, esta duas últimas vão ser as anfitriãs, já que é em Braga que se vai realizar a 30 de Abril o próximo encontro.

bom-jesus-de-braga.jpg

Selo 5º Encontro.PNG

Vou ficar sentada aqui à espera das vossas participações.

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D