Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

Quero uma rua com o meu nome...pode ser?

 

 

Foto de Sentaqui

Pasmei quando li aqui que um grupo de amigos do Carlos Castro foi entregar uma proposta ao presidente da Câmara Municipal de Lisboa, para que fosse dado o nome de uma rua da capital ao cronista falecido.

E pergunto eu...A que propósito?...Que fez de importante esse senhor para a sociedade?... Será que me escapou alguma coisa?

Pelo que eu sei e todos sabem era um simples colunista de revistas cor-de-rosa e entretinha-se a fazer comentários vulgares a algumas personagens do jet set.

Será isso suficiente para que tenha o  mérito de vermos o seu nome  estampado numa qualquer rua de Lisboa?

 

Então e outros portugueses que dignificaram o nome de Portugal, que o deram a conhecer lá fora e cá dentro e tiveram uma vida rica, com valores, cultura e sentido patriótico? Ainda não vi nenhum movimento a pedir nome  fosse de quem fosse, para uma rua, ruela ou praceta.

 

Se é assim tão fácil, eu atrevo-me a sugerir aqui à vizinhança que peçam ao autarca cá do sítio uma rua com o nome da Maria, que sentada aqui se vai entretendo a escrever umas coisas que interessam a pouca gente, a exemplo da escrita do tal senhor; se não for possível, que pelo menos se lembrem de todas as marias que existem por esse Portugal fora... anónimas,  diligentes, mães, mulheres, trabalhadoras, que se esforçam e dão o máximo de si e que por vezes sofrem em silêncio as agruras de uma sociedade que por vezes é madrasta, quando se trata de reconhecer o real valor da sua entrega.

 

E para não pensarem que eu faço descriminação entre mulheres e homens, sei que há por aí muitos manéis que mereceriam serem lembrados, reconhecidos e homenageados.

 

Não acredito que haja o mau senso e que se distorça o significado do que é verdadeiramente a justiça, a cultura, a obra, o desempenho de muitos cidadãos, se alterem conceitos e de repente nos façam pensar que, ou nós estamos doidos, ou querem-nos fazer passar por isso. 

 

 

28 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D