Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

Fräulein Maria voltou

Foto sentaqui

Já tinha saudades de estar sentada aqui, mas também me soube muito bem andar por aí.

 

Até há pouco tempo tinha algum temor em viajar sozinha, mas secretamente alimentei esse desejo de o fazer.

Há uns anos atrás enchi-me de coragem e fui até Tróia e à Comporta. Não foi uma experiência agradável, apesar do local ser fantástico.

Perguntei-me o que andava por ali a fazer e senti-me extremamente frustrada por não poder partilhar tudo o que via e como via. Era como se tivesse uma mão cheia de flores sem as poder oferecer a ninguém.

 

Desta vez foi diferente, não sei o que mudou, só sei que me senti livre, feliz e gozei da melhor forma tudo o que a natureza me ofereceu. Desta vez levei uma companheira que talvez tenha feito toda a diferença: a minha máquina fotográfica.

 

O litoral alentejano deu-me tudo o que esperava e muito de inesperado.

 

Parti sem programar nada, sem marcar alojamentos, sem Gps, deixei-me levar e aportei em Porto Covo. Parei na primeira mercearia que encontrei e perguntei onde podia pernoitar. Tive sorte porque de imediato me arranjaram um anexo de uma casa com quarto e casa de banho e segui o conselho do filho...-regateia o preço mãe, não dês logo o que te pedirem. A contra gosto, lá segui a sugestão e o certo é que resultou.

 

Depois de jantar, senti-me extremamente cansada e adormeci bem cedo.

 

Por debaixo do caixote onde vivo há um ginásio e todas as manhãs acordo ao som de Somewhere over de rainbow, música que adorava e que agora já enjoa de tanto a ouvir. Desta vez o despertar fez-se com o chilrear das andorinhas que  às dezenas cruzavam o céu em voos picados. Eram 7 e meia de uma manhã de sol em que o calor já se fazia sentir.

 

O mar lá estava adornado com rochas altaneiras e imponentes e eu vagueei por ali, inspirando o cheiro a maresia, fingindo que tomava banho com uns salpicos de água que deram para ir refrescando, porque aqui a Maria não é muito afoita e não é dada a mergulhos.

 

Sem arco íris no céu, mas com o sol a baixar no horizonte parti...outros destinos me esperavam, quais? não sabia, apenas sentia que algures por ali outros paraísos me esperavam e não me enganei.

 

Um motivo me fez regressar mais cedo... VOTAR.

21 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D