Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

As paixões no facebook

 

Se há coisa que me faz alguma confusão é ver sucessivas declarações de amor nas páginas do facebook, como se o mundo inteiro tivesse de saber todos os detalhes de uma relação que por vezes é decorada  com fotografias que atestam tão grande paixão.

 

Muitos poderão pensar, mas se colocamos tantas vezes coisas que nos desagradam, factos do dia a dia que nos chocam, que nos atingem e com os quais estamos em completo desacordo, por que não escrever sobre os sentimentos de duas pessoas que se amam? Tudo bem, eu até concordava, se a coisa fosse colocada com alguma subtileza e descrição o que por vezes não é o caso. Há excepções, felizmente  conheço  alguns namoros de casais que tenho como amigos na minha página e que não exageram em manifestações que raiam o ridículo.

 

Fico a pensar naquelas revistas cor-de rosa em que desfilam os famosos que se apaixonaram , para poucos meses mais tarde ver anunciado mais um rompimento.

 

Quando se ama alguém, não é preciso grande alarido, ou apregoar por vezes de forma ridícula e exagerada emoções que devem a meu ver ser vividas a dois, que só a eles pertencem, que devem ser preservadas e vividas com algum recato para que sejam plenas, genuínas e sinceras. Quando leio tanta manifestação de amor em público, em que por vezes só falta dizer quantas quecas dão, cheira-me a teatro, a baixa auto-estima, uma espécie de pregão onde só falta um outdoor na rua" Vejam, estamos apaixonados!!!". E não falo por despeito, não senhor, já estive apaixonada e não me imaginei nunca a noticiar no facebook a minha paixão.

 

A experiência diz-me que por norma as paixões arrebatadoras, que surgem como relâmpagos, duram mais ou menos seis meses e agora vou ficar sentada aqui à espera de ver os mesmos que enaltecem o seu grande amor, se se atrevem, caso a coisa dê para o torto a colocarem com a mesma intensidade, frases de lamentos, lágrimas ou canções onde se  adivinha que a coisa foi por água abaixo e os amigos a colocarem o tão famoso "Like"

 

O mais lamentável no meio disto tudo é que se esquecem por completo os amigos e só se vão lembrar deles quando estiverem em depressão, sozinhos(as) e nessa altura será que eles estão lá?

 

Apesar de tudo o que eu desejo é que as pessoas se amem, sejam felizes, vivam apaixonadas, desfrutem todos os momentos bons e saboreiem  o mais intensamente possível um amor que eu desejo seja para sempre e que guardem numa caixinha chamada coração, que só eles podem abrir, todos os sentimentos de uma vida vivida em pleno e com muita alegria. Eu adoro ver pessoas felizes, de ver o brilho nos olhos e sorrisos rasgados, em que mais que qualquer palavra são sinais mais credíveis de que o amor está ali e não nas páginas do facebook.

 

 

22 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D