Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

Kathmandu- A cidade que não pára

Apesar do aparente reboliço e confusão, gostei de apreciar o frenesim que se vive nas ruas da cidade.
Nunca visitei a Índia e pensei, pelo que tenho ouvido falar que seria parecido, mas não, pelo menos não há mau cheiro nem vacas nas ruas.
Quando se sobem 365 degraus na colina dos macacos, chegamos a um templo budista .

IMG_8100.JPG

IMG_8102.JPG

Ao longo da escadaria podemos observar inúmeros macacos que fazem as delícias dos visitantes.

 

IMG_8097.JPG

 Lá do alto podemos observar a cidade que mais parece uma enorme favela.

IMG_8110.JPG

 

Descemos e a realidade é bem diferente.

Em Bhaktapur, nos arredores de Kathmandu, bastante afectada pelos terramotos ao longo dos anos, deu para constatar a preocupação na recuperação de monumentos, outrora de uma beleza ímpar.

Não deixa de ser impressionante uma visita aos rituais fúnebres do complexo sagrado hindu, onde são cremados os corpos a céu aberto e onde passa um rio de águas poluídas, onde as crianças não se coibem de dar uns mergulhos.

IMG_7880.JPG

IMG_7885.JPG

 

Do lado oposto ao rio podemos contemplar e tirar fotos aos Sadhus, no hinduísmo, é um termo comum para designar um místico, um asceta, um praticante de ioga ou um monge andarilho. "Sadhu" é, também, uma expressão em sânscrito e páli usada como interjeição  para algo bem-sucedido ou realizado com perfeição.

IMG_7934.JPG

 

Depois embrenhei-me na cidade, carros, bicicletas, buzinadelas, vendedores, artesãos tudo numa confusão organizada.

IMG_8024.JPG

 Crianças que brincam na rua rodeadas dos milhares de pombos que pululam por ali.

IMG_8028.JPG

O emaranhado de fios eléctricos a céu aberto.

IMG_8360.JPG

IMG_8356.JPG

 

Vende-se de tudo.

IMG_8156.JPG

 A pouco e pouco vão-se reconstruindo monumentos.

 E há sempre sorrisos simpáticos.

IMG_8147.JPG

 

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D