Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

Sentaqui

"A maturidade permite-me olhar com menos ilusões, aceitar com menos sofrimento, entender com mais tranqüilidade, querer com mais doçura." (Lya Luft)

Uma viagem daqui até ao céu


IMG_0921.JPG

 

 

O dia está bonito, o céu azul polvilhado com algumas nuvens, fez com que tivesse a ideia de sair deste canto e subir.

Aconcheguei-me numa nuvem, naquela que me pareceu mais confortável e espaçosa.
Tinha esperança que ele aparecesse.

Passados alguns minutos senti uma leve aragem e vi que ele se aproximava.
Inicialmente não dissemos nada, apenas nos unimos com um forte abraço.

-Pai, que bom teres vindo, estou muito feliz e acho que me esqueci quando estavas comigo lá em baixo,de te dizer, que te amo muito.

-Filha, estou comovido, sabes que nunca fui de usar palavras meigas e até dava um ar de durão, mas penso que me conheces e já reconheceste depois deste tempo todo, que tudo o que fiz, embora pudesse não parecer, foi porque nutria por ti um grande amor. Eras um pouco refilona, mas hoje sinto que estás mais doce e meiga.

-Tens razão, pai, nem sempre compreendi certas atitudes tuas, mas hoje reconheço que fizeste o melhor por mim e estou aqui para te agradecer.

 

Subitamente senti que alguém se aproximava lentamente.
- Mano!!! Também vieste? Estou duplamente feliz. Pregaste-me uma partida , sabias? Logo no dia de hoje num 19 de Março e apenas com 36 anos, enquanto celebravas este dia com a tua mulher e as tuas duas meninas, resolveste partir, doeu demais sabias?
- Eu imagino, mana, mas já tinha cumprido a missão que me estava destinada e hoje aqui de cima sei que elas estão bem e isso deixa-me feliz.

Ficámos ali os três a conversar durante um bocado e a recordar bons tempos. Curiosamente, sempre fomos muito parecidos.
-Sabem, aqui está-se bem, gostava de ficar convosco.

- Não minha filha-respondeu o meu pai- ainda tens muitas coisas para fazer lá em baixo, ainda há pessoas que precisam de ti.

Sabia que ele tinha razão, mas saborear aquela paz, fazia-me sentir vontade de ficar, por vezes o mundo é demasiado cruel e de vez em quando faltam-me as forças.
- Mas nós sabemos que és forte- disseram eles-  és uma parte de nós e tens ainda que acabar de fazer certas coisas que nós não pudemos terminar, cabe-te a ti essa missão, não tenhas pressa, quando chegar a tua hora juntar-nos-emos e faremos por aqui uma grande festa.

Ficámos durante algum tempo sem nada dizer, o silêncio falava mais alto.

Desci lentamente, vim-me sentar aqui e agradeci à vida por me ter dado duas pessoas que tanto amei e feliz por saber que estavam bem.
Até um dia!

7 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D